• (11) 4771-6000
(11) 4771-6000

Fabricantes oferecem diversos recursos para o pequeno instalador

Matéria desenvolvida pela empresa Engenharia e Arquitetura

A crise econômica fez surgir uma legião de empreendedores no mercado de instalação de sistemas de refrigeração comercial. Mas não só. Empresas varejistas de loja única ou pequenas redes nem sempre se sentem confortáveis com um instalador de grande porte, preferindo recorrer a pequenas empresas ou mesmo MEIs onde são atendidas mais prontamente.

Obviamente que os recursos para este tipo de fornecedor são mais limitados. Pensando nisso, vários fabricantes de equipamentos e componentes têm se esforçado para suprir esses empreendedores com soluções e equipamentos que mais se ajustam às suas necessidades. “Na visão da RAC, soluções simples, práticas e confiáveis, incorporando as melhores práticas atualizadas de refrigeração comercial, são perfeitamente viáveis. Esse é um dos focos de nossa empresa”, explica Luiz Villaca, da RAC Brasil.

Mesma atitude tem a Vulkan, de acordo com Paulo Torre, Consultor de Vendas. “Hoje, o mercado de refrigeração é muito amplo e consegue atender todas as categorias de instaladores, e o que ajuda bastante os pequenos instaladores é que os fabricantes de ferramentas estão cada vez mais investindo em qualidade e tentando deixar um preço acessível para essa categoria.”

“A Full Gauge Controls é mundialmente conhecida pela facilidade de instalação e programação dos seus produtos. Além disso, oferecemos suporte técnico qualificado em três idiomas. Nossa linha de instrumentos é muito ampla e atende as mais variadas instalações dentro da refrigeração. Contamos com modelos mais simples, como o clássico MT-512E 2HP, que controla uma saída de até 2HP e é muito usado em equipamentos de refrigeração com degelo natural, por parada do compressor. Ao mesmo tempo, temos, por exemplo, o RCK-862 plus, que por ser um instrumento expansível, pode ter muitas entradas e saídas para controle de centrais de racks e chillers. Todos os produtos são amigáveis, mas depende muito do profissional se dedicar a entender a lógica e especificações técnicas de funcionamento dos equipamentos onde eles estão sendo instalados. E sempre contarão com nossos treinamentos”, diz Rodnei Peres, Vice-Diretor Comercial da empresa.

Também em componentes paralelos, que auxiliam na eficiência dos sistemas, existe uma preocupação em fornecer matérias acessíveis. “As espumas elastoméricas Armaflex são materiais de fácil aplicação e estão inseridos no conceito de sustentabilidade, pois não agridem o meio ambiente, tanto na sua fabricação, instalação e descarte. Disponíveis em tubos e mantas, além de uma gama de produtos complementares como adesivos especiais, aplicador de adesivo Glumaster, fittings, cintas autoadesivas, suportes para tubulações, tinta de proteção UV, revestimento não metálico para proteção mecânica e UV, que asseguram ao sistema o benefício da economia de energia aliado ao seu desempenho, durabilidade e segurança”, defende André Dickert, da equipe técnica da Armacell.

Recursos tecnológicos e treinamentos

Algo num passado recente acessível apenas a grandes instaladores, os recursos tecnológicos, envolvendo hardware e software, hoje são bem mais comuns. “Em termos de hardware e software de controle e monitoramento, a RAC hoje oferece, entre outros, controladores de válvulas de expansão eletrônicas pulsantes e a motor de passo, controladores eletrônicos de nível de óleo, controladores eletrônicos de condensação flutuante e a RACBOX, um sistema computadorizado e customizável de monitoramento, com acesso remoto pelo celular, de múltiplos ambientes refrigerados”, informa Villaca.

Também para instalação dos sistemas, o pequeno empreendedor tem, hoje, à sua disposição, inúmeros recursos. “A Brahex oferece suporte técnico com software próprio para dimensionamento e engenheiro especializado para auxiliar o instalador”, diz Fernando Vanzetta, Diretor Comercial da empresa.

A Full Gauge Controls, por sua vez, busca facilitar a vida dos instaladores oferecendo gratuitamente o software de monitoramento e gerenciamento Sitrad PRO. “E, também, o aplicativo Sitrad Mobile. São ferramentas que proporcionam o controle à distância, via internet, de qualquer lugar do mundo. É possível também configurar alarmes, gerar relatórios gráficos, determinar níveis de acesso aos responsáveis pelas instalações etc. Basta ter um conversor próprio da Full Gauge Controls fazendo a comunicação entre os instrumentos e o servidor que armazena todos os dados”, enfatiza Peres.

Faz parte, ainda, dos recursos disponibilizados pelas empresas, softwares de dimensionamento. “A Armacell disponibiliza o programa de cálculo ArmWin, que auxilia no dimensionamento da espessura do isolamento, dentro dos parâmetros específicos de cada projeto, além de treinamentos teóricos e práticos via on-line”, esclarece Dickert.

Neste aspecto, ainda, é sempre bom ficar atento aos sites oficiais dos fabricantes. O da RAC Brasil, por exemplo, disponibiliza gratuitamente o acesso a softwares para seleção de tanques de líquido e de válvulas de expansão eletrônica. Além disso, o Catálogo RAC também disponível no mesmo site, traz diversas ferramentas, tabelas e exemplos para especificação e seleção de componentes e centrais de frio.

Em relação aos cursos e treinamentos também os recursos não são poucos. Afinal, fabricantes estão sempre atentos para a elevação do mercado pela via técnica. “Entre outros, a RAC oferece treinamentos em Refrigeração Comercial, Refrigeração Comercial Avançada e Centrais de Frio de CO2 Subcrítico. Todos esses treinamentos abordam o tema de eficiência energética em refrigeração”, alerta Villaca.

Visitas às instalações dos fabricantes também são possíveis de serem agendadas. “As portas da Full Gauge Controls estão sempre abertas para quem quiser nos visitar e receber treinamento sobre os produtos. Fazemos questão de mostrar como nossos instrumentos são desenvolvidos e produzidos aqui no Brasil. Somos uma marca nacional com mais de 35 anos de tradição, sempre em constante crescimento. Isso é fruto de várias ações, entre elas o programa de capacitação que mantemos em parceria com os distribuidores e escolas técnicas há décadas, no mundo todo. Também contamos com um canal no YouTube repleto de vídeos aulas e as lives que passamos a realizar a partir de 2020. É um conteúdo muito rico e completo”, indica Peres.

Aliás, essas práticas, visando o aperfeiçoamento da força de trabalho, tem sido cada vez mais comum entre as empresas. “Atualmente estamos iniciando palestras e participação no Sannar e Entrac com o intuito de divulgar o conhecimento necessário para a melhor aplicação de nossos produtos. Também disponibilizamos boletins técnicos com respostas para dúvidas frequentes”, afirma Vanzetta.

A Vulkan, por seu turno, procura realizar treinamentos para o Sistema Lokring. “Nossa preocupação é capacitar os técnicos mostrando que o Sistema Lokring é uma ótima solução, então, realizamos alguns treinamentos durante o ano e, também, colaboramos com algumas escolas profissionalizantes para que a informação e a capacitação cheguem de modo efetivo”, conta Torre.

Ferramentas necessárias

Ninguém pode se habilitar a entrar num mercado tão competitivo, e ao mesmo tempo acolhedor, sem os instrumentos de trabalho necessários. “Qualquer ramo exige um investimento, seja alto ou baixo, isso vai depender muito do seu planejamento, mas para quem está começando eu sugiro adquirir as principais ferramentas para executar um ótimo trabalho, o técnico hoje tem a noção do mínimo que ele precisa ter para executar uma instalação ou um reparo, por isso acredito que manifold, bomba de vácuo, flangeador, recicladora, vacuômetro e balança, seja um excelente começo. Falando de acesso hoje, os revendedores facilitam muito a forma de pagamento, também com a ampliação do nosso mercado e a venda de ferramentas pelo e-commerce, ficou bem mais fácil a vida dos instaladores, tanto para pesquisar preço, quanto para negociar a forma de pagamento com parcelamentos mais longos”, diz Torre, da Vulkan.

Quando falamos em ferramentas, é preciso entender que a recomendação não se restringe àquelas imprescindíveis ao trabalho em campo, mas, também, às que procuram capacitar o técnico para a montagem e operação dos sistemas. “Todos os produtos da Full Gauge Controls contam com um manual completo com informações detalhadas sobre a instalação e configuração. Contamos também com um suporte técnico qualificado, vídeos técnicos no YouTube e aplicativos como o FG Toolbox, FG Finder e Sitrad Mobile, que facilitam a vida dos instaladores”, exemplifica Peres.

Já Dickert, da Armacell, informa que a empresa possui um corpo de engenheiros que prestam todo e qualquer suporte técnico que venha a ser necessário, desde a concepção do projeto junto aos projetistas, auxílio aos instaladores, divulgando as boas práticas de instalação, fornecendo manuais de instalação, boletins técnicos e até acompanhamento e orientações de aplicação por ocasião do início da obra. “A eficiência de um isolamento térmico não está, apenas, em suas características técnicas ou na seleção da espessura adequada, mas, também, em sua correta aplicação, em conformidade com os procedimentos recomendados e na utilização de materiais complementares compatíveis com os Produtos Isolantes Térmicos Armacell”, alerta ele.

Por outro lado, há quem considere também o conhecimento como uma ferramenta fundamental. “Conhecimento, informação e suporte são ferramentas imprescindíveis para o instalador. As instalações de refrigeração comercial são únicas, mesmo quando utilizam equipamentos similares. Somente com conhecimento técnico pode o instalador ter sucesso recorrente em seu trabalho. Informação específica sobre sistemas e componentes são essenciais. As mudanças vêm ocorrendo cada vez mais rapidamente nesse setor e torna-se indispensável o acesso à informação precisa e correta. Suporte, ter a quem recorrer em caso de necessidade, é algo que todos necessitam. Parceiros e fornecedores fortes e consistentes que os atendam prontamente, sem empecilhos, com uma boa engenharia de aplicação, fazem a diferença”, aconselha Villaca.

Em relação a isso, ainda, é importante ao profissional buscar uma ligação com as entidades profissionais e empresariais. A Abrava, maior e mais importante entidade do setor, oferece grande suporte para os profissionais interessados. Possui, também, um programa exclusivamente direcionado a MEIs para facilitar sua associação à entidade. Sem contar a infinidade de cursos oferecidos, entre eles, o de Refrigeração Comercial. Basta acessar www.abrava.com.br para conhecer todas as vantagens.

“Precisamos que os profissionais da nossa área tenham o conhecimento necessário para evoluírem e se atualizarem constantemente sobre as novas tecnologias que o mercado oferece. Hoje se fala muito em software de gestão, válvulas de expansão eletrônicas, compressores VCC etc. As normas e boas práticas de instalações estão aí para serem seguidas e oferecer qualidade, segurança e eficiência aos equipamentos e instaladores”, complementa Peres, da Full Gauge.

Finalmente, o profissional precisa saber o que lhe é fundamental para não se tornar obsoleto. É Villaca quem responde: “Estar sintonizado com as mudanças no setor, tomando contato com as novidades, novas técnicas e aperfeiçoamentos. Além disso, esse profissional deve sempre lembrar que teremos cada vez mais componentes eletrônicos e comunicação de dados em nossas instalações. Saber trabalhar bem com esses equipamentos e sistemas será um diferencial, inicialmente, passando a ser uma absoluta necessidade com o passar do tempo.”

 

Fonte: http://www.engenhariaearquitetura.com.br/2022/03/fabricantes-oferecem-diversos-recursos-para-o-pequeno-instalador

Top
Open chat
Precisa de ajuda?